Sunday, August 31, 2008

a minha princesa

... partiu ontem, em silêncio sem se despedir... colhida por um animal dito racional mas de comportamento selvagem.

a minha princesa, não mais voltará a dormir no meu colo, nem lamber os meus dedos...

a menina com o olhar mais doce e meigo do mundo.

choro por ti minha linda, e digo-o sem embaraço que te amava muito.

e quero que continues a dormir a tua sesta no nosso jardim, a brincar às escondidas com o teu companheiro, a saltares para o meu colo na hora da refeição ...

Aqui terás sempre o teu lugar...

Thursday, August 28, 2008

da janela do meu quarto ....


... penso, que Deus só nos dá o peso, que sabe sermos capazes de carregar. É esta a ideia central que devemos lembrar e relembrar de todas as vezes que os joelhos dobram.
... se o fizermos, com toda a certeza arranjaremos de novo força para nos levantarmos !
........................................................

Thursday, August 14, 2008

e a saída é por onde mesmo?








É absolutamente insuportável, aturar conversas de parentela snob e pedante ,com a mania de "tertúlias" onde os repastos intelectualóides se misturam facilmente com conversinhas de vulgar cusquice.





Não há paciência!

Tuesday, August 12, 2008

a paixão do mais novo


E o coração da mãe (tb) aos saltos ...

bebés


Cresceram tanto estes traquinas...
é só love !!!!!!!!!

odores

Serra da Estrela
Aqui respiramos paz e por momentos esquecemos conflitos, ressentimentos,desiquilibrios,raivas e ódios por que se matam e destróem muitos seres humanos.

Wednesday, August 6, 2008

Etapas...



Meu Deus

Ajuda-me a dizer a palavra da verdade na cara dos fortes
e a não mentir para obter o aplauso dos débeis.

Se me dás dinheiro, não tomes a minha felicidade
e se me dás forças não tires o meu raciocínio.

Se me dás êxito, não me tires a humildade
se me dás humildade, não tires a minha dignidade.

Ajuda-me a conhecer a outra face da verdade
e não me deixes acusar os meus adversários, apelidando-os de traidores
porque não partilham o meu critério.

Ensina-me a amar os outros, como me amo a mim mesmo
e a julgar-me como o faço com os outros.

Não me deixes embriagar com o êxito, quando o consigo,
nem a desesperar, se fracasso.

Sobretudo, faz-me sempre recordar que o fracasso
é a prova que antecede o êxito.

Ensina-me que a tolerância é o mais alto grau da força
e que o desejo de vingança, é a primeira manifestação da debilidade.

Se me despojas do dinheiro
deixa-me a esperança

E se me despojas do êxito, deixa-me a força de vontade
para poder vencer o fracasso.

Se me despojas do dom da saúde
deixa-me a graça da Fé.

Se causo dano a alguém, dá-me a força da desculpa
e se alguém me causa dano, dá-me a força do perdão e da clemência.


MAHATMA GANDHI