Monday, April 30, 2007

Ivete Sangalo (Se eu não te amasse tanto assim)

**********************************************************


adoramos o poder do encantamento que certas almas têm dentro de nós...


**********************************************************

....verdades...


*********************
"Se tivesse acreditado na minha brincadeira de dizer verdades teria ouvido verdades que teimo em dizer brincando; falei como um palhaço mas jamais duvidei da sinceridade da plateia que sorria."
Charles Chaplin
**********************************

Boss AC - Que Deus?

« Nós que fomos educados na mitologia do Antigo Testamento, podíamos talvez dizer que o idilio é a imagem que nos ficou gravada na lembrança como representação do Paraíso. A vida no Paraíso não era uma caminhada sempre em linha recta para o desconhecido, não era uma aventura. Movia-se em círculo, entre as coisas conhecidas. A sua monotonia não era tédio, mas felicidade. »

Milan Kundera,in A Insustentável Leveza do Ser

Enya - Only Time

****************************

De vez em quando temos que arrumar o passado.Mas arrumá-lo bem ,onde não se encontre facilmente. Ou então melhor ainda, rasgá-lo! Pegar nas folhas escritas, uma por uma e deitar fora o que não interessa. Sem mágoas, sem arrependimentos,mas rasgar todos os fragmentos de que não gostamos.Não ficar nada à vista ou alcance da memória. E no fim, respirar fundo, de alívio. Fechar o capítulo, de vez!

...

A seguir pegar no livro em branco e começar de novo.



*****************************

Friday, April 27, 2007

....China in your hands ...........





« Fica sabendo que ... tu continuas sempre presente no meu universo único de chinoca assimilado por esta cultura que de mim não tem nada. Voo, de braço dado contigo, a caminho de um destino sem fim. Passo pelo mar vermelho, mergulho nele, deixo-te vogar nas ondas da minha harmonia. Depois, rumamos à minha China natal...»


V.H.Coelho




Para os momentos em que a 1ª pessoa se faz ouvir...

Terence Trent D'arby - Sign your name

***********************************************

"Deus não foi perfeito, ou então foi discriccionário, concedendo aos animais aquilo que priva aos homens"

dizia-nos um amigo... no entanto repara Rui, em tudo o que Ele nos oferece e aos ditos não !




********************************************


*************************************************

Provérbios para gente culta



(a circular por aí na net)

"Espécime avícola na cavidade metacárpica, supera os congéneres revolteando em duplicado"

(Mais vale um pássaro na mão que dois a voar)

"Descendente de espécime piscícola sabe movimentar-se em liquido orgânico"

(Filho de peixe sabe nadar)

"Expõe-me com quem deambulas e a tua idiossincrasia augurarei"

(Diz-me com quem andas, dir-te-ei quem és)

"Esquino objecto de dádiva, não é possivel de auscultação odontológica"

(A cavalo dado não se olha o dente)

**************************************

In The Air Tonight Music Video

*******************************

Depois das 2 da matina o people à espera dos slows...


********************************

Assim o cremos





«Os livros são uma hipótese possível de Felicidade »


Jorge Luis Borges

Es muss sein?

« Tomas começara a gostar de Beethoven por causa de Tereza, mas não era um fanático da música e duvido mesmo que conhecesse a história que está na origem do ilustre tema beethoveniano do " muss es sein? es muss sein ! "

A coisa passou-se assim: um certo senhor Dembscher devia cinquenta florins a Beethoven, e o compositor, sempre falido, foi pedir-lhos. " Es muss sein?,tem de ser?", suspirou o pobre Dembscher, ao que Beethoven replicou num tom jocoso: "Es muss sein!, tem de ser !", imediatamente anotou as palavras no seu caderninho e compôs a partir desse tema realista uma pequena peça a quatro vozes: três cantam "es muss sein,ja,ja,ja, tem de ser, tem, tem, tem," e a quarta acrescenta : "heraus mit dem Beutel! puxa da bolsa !"

Esse mesmo tema tornar-se-ia mais tarde o núcleo central do quarto andamento do último quarteto opus 135. As palavras " es muss sein ! " adquiriam para ele uma tonalidade cada vez mais solena, como se tivessem sido proferidas pelo Destino.

...

O alemão é uma língua de palavras pesadas. "Es muss sein!" deixara de ser uma brincadeira para tornar-se " der schwer gefasste Entschluss"; " tem de ser" tornara-se a decisão gravemente pesada.

Beethoven transformara, portanto, uma inspiração cómica num quarteto sério, uma brincadeira numa verdade metafísica. É um exemplo interessante de passagem do leve ao pesado ( portanto, segundo Parménides, de transformação do positivo em negativo ). E, coisa curiosa, essa mutação não nos surpreende. Pelo contrário, ficariamos era indignados se Beethoven tivesse passado da seriedade do seu quarteto para a leveza do cânone a três vozes sobre a bolsa de Dembscher. E, no entanto, teria agido em perfeita consonância com o espírito de Parménides : teria mudado do pesado para o leve, ou seja, do negativo para o positivo ! No começo, teria havido ( sob forma de um esboço imperfeito) uma grande verdade metafísica e, no fim ( como obra acabada) a mais leve das brincadeiras.

Só que já não sabemos pensar como Parménides. »

Kundera, Milan, A Insustentável Leveza do Ser, Dom Quixote, pág 224

Thursday, April 26, 2007

Vencer

*****
«Vincere cor proprium plus est quem vincere mundum»

ver mais aqui

*****

Tuesday, April 24, 2007

Resmas de auto - estima :-)




Piada de Freud para a sua esposa:


« Se um de nós morrer, penso que irei viver para Paris »
******************************

Akon - Don't Matter

just like that

« Pois nem a bebida, nem os festins contínuos, nem os rapazes ou as mulheres de que se usufrui, nem o deleite dos peixes e de tudo aquilo que pode haver numa mesa faustosa, estão na origem de uma vida feliz, mas o raciocínio sóbrio, que procura as causas de toda a escolha e toda a rejeição e afasta as opiniões através das quais a maior perturbação se apodera da alma»
Epicuro transmite-nos desta forma, a pág. 31, na sua "Carta sobre a Felicidade"

Moçambique Music

***************************


hoje acordámos assim...


*****************************

Ildo Lobo - Nos morna (live)

*************

numa vivência qualquer

**************

Kizomba

*******************

Para a Raquel e o seu eterno sonho...

******************

Um direito, um dever !

Friday, April 20, 2007

... convite...

foto de David Doubilet
************************
......iremos levemente ao sabor deste lindo azul...........






Thursday, April 19, 2007

Mia Couto



"Chaminé que construisse em minha casa,
não seria para sair o fumo mas, para entrar o céu..."
Mia Couto

La Carotte et le Bâton ou (A cenoura e a vara)

..................................................................

Wednesday, April 18, 2007

...voando nas asas desse arco-íris...

Quetzal
Símbolo da liberdade, o Quetzal morre se viver em cativeiro.
Diz a lenda, que quando os indígenas, foram derrotados pelo espanhóis, este pássaro emudeceu e que recomeçará a cantar, quando os índios se sentirem novamente felizes.

A sua cauda ,produz uma visão impressionante durante o vôo e é por isso chamado, arco-íris voador.

É uma ave tranquila, que pode ficar horas pousada à espera, de um insecto que passe, ou de uma fruta que caia ....

More than words

«Conhecer alguém aqui ou ali, com o qual se sente uma compreensão mútua, apesar da distância ou dos pensamentos que não se exprimem, é suficiente para fazer desta terra, um jardim.»

GOETHE

Tuesday, April 17, 2007

" Cultura "


Ele disse: « O teu sorriso é como o primeiro suave susto de Julieta quando, das sombras perfumadas do jardim sob a janela insone, Romeu deu voz ao sublime Bardo e a própria noite aguçou seus ouvidos.»
E ela disse : «Corta esse.»
E ele disse : « A tua modéstia é como o rubor que assoma à face de rústicas campónias acossadas num quadro de Bruegel,pai, enaltecendo seu rubicundo encanto e derrotando o próprio simular de recato que a natureza, ao deflagrá-lo, quis.»
E ela disse: « Cumé que é? »
E ele: «Eu te amo como jamais um homem amou, como o Amor mesmo, em seu auto-amor, jamais se considerou capaz de amar.»
E ela. «Tou sabendo...»
«Tu és chuva e eu sou terra; tu és ar e eu sou fogo; tu és estrume, eu sou raiz.»
« Pô !»
«Desculpe.Esquece este último símile. Minha amada, minha vida. A inspiração é tanta que transborda e me foge, eu estou bêbado de paixão, o estilo tropeça no meio- fio, as frases caem do bolso...»
«Sei...»
«Os teus olhos são dois poços de águas claras onde brinca a luz da manhã, minha amada.A tua fronte é como o muro de alabastro do tempo de Zamaa-al-Kaad, onde os sábios iam roçar o nariz e pensar na Eternidade.A tua boca é uma tâmara partida...Não, a tua boca é como um ... um...Pera só um bocadinho...»
«Tô só te cuidando.»
«A tua boca, a tua boca, a tua boca... (Uma imagem meu Deus!) »
« Que qui tem minha boca?»
« A tua boca, a tua boca...Bom, vamos pular a boca. O teu pescoço é como o pescoço de Greta Garbo na famosa cena da nuca em Madame Walewska, com Charles Boyer, dirigido por Clawrence Brown, iluminado po...»
«Escuta aqui.»
«Eu tremo! Eu desfaleço! Ela quer que eu a escute! Como se todo o meu ser não fosse uma membrana que espera a sua voz para reverberar de amor, como se o céu não fosse a campana e o Sol o badalo desta sinfonia espacial: uma palavra dela...»
«Tá ficando tarde.»
«Sim, envelhecemos.O Tempo, soturno cocheiro deste carro fúnebre que é a Vida. Como disse Eliot, aliás, Yeats – ou foi Lampedusa? -, o Tempo, esse surdo-mudo que nos leva às costas...»
« Vamos logo que hoje eu não posso ficar toda a noite.»
«Vamos ! Para o Congresso Carnal. O monstro de duas costas do Bardo, acima citado. Que os nossos espíritos entrelaçados alcem vôo e fujam, e os sentidos libertos ergam o timão e insuflem as velas para a tormentosa viagem ao vórtice da existência humana, onde, que, a, e, o, um, como, quando, por que, sei lá ... »
« Vem logo.»
«palavras, palavras...»
«Depressa !»
« Já vou. Ah, se com estas roupas eu pudesse despir tudo, civilização, educação, passado, história, nome, CPF, derme, epiderme...Uma união visceral, pâncreas e pâncreas, os dois corações se beijando através das grades das caixas torácicas como Glenn Ford e Diana Lynn em ...»
« Vem. Assim. Isso. Acho que hoje vamos conseguir.Agora fica quieto e ... »
«Já sei !»
«O quê? Volta aqui, pô...»
«Como um punhado de amoras na neve das estepes. A tua boca é como um punhado de amoras na neve das estepes ! »

...............................................
Agradeço ao Rui e à sua Prima-Vera, com este ou outro título qualquer...

... percursos ...

...
... talvez assim seja mais calma a viagem ....

Vaya con Dios "what's a woman"

... é tudo uma questão de vírgulas...

"Se o homem soubesse o valor que tem, a mulher ficaria de joelhos à sua frente."

"Se o homem soubesse o valor que tem a mulher, ficaria de joelhos à sua frente."

............................

... serenamente ...

......................
Vamos aguardando...vivendo estes momentos sem questionar muito...
a palavra meiga chega-nos do mais sólido pilar da existência humana e é essa que guardamos...tudo o resto é vago e efémero ...
...os que se julgam poderosos caem quando menos o esperam...
...................

Friday, April 13, 2007

ainda bem

Foto de David Doubilet
.........................................................
...que há vida para além da espécie humana ...
........................................................

Savage Garden - Truly madly deeply

....................

Na encruzilhada da vida,sigamos a voz do coração.E se o fizermos,não o lamentemos nunca,senão todo o percurso feito, terá sido em vão...

.............................

....... em busca da memória perdida....


Aconselhamos vivamente o ginseng ,dizem que os efeitos são excelentes. Pela nossa parte o défice não chega a tanto. Estávamos na idade da brincadeira e as preocupações, eram as de quem subia árvores, para arranjar o melhor lugar para se esconder.
Saltar à corda era um desafio e a macaca bem popular.Na rádio o José Cid cantava a toda a hora, mas dentro de nós a esperança dizia-nos, que teria que haver música diferente e melhor num ponto qualquer do planeta...
Depois houve um dia diferente dos outros.Onde as pessoas começaram a falar uma linguagem estranha. E o olhar dos nossos pais apresentava um brilho especial, mas as palavras ainda eram em tom baixo.Lá fora ainda havia ouvidos indiscretos, nunca fiando...

Nós lá fomos crescendo e recebendo a benção de palavras que não aparecem só nos dicionários. E damos graças por isso!

Por isso de vez em quando lembramos a frase FASCISMO NUNCA MAIS

Aqui fica então !


Thursday, April 12, 2007

a ordem das palavras é que se quiser


Dali, A Persistência da Memória
.........................................
Diálogos (ou monólogos) em entrevistas que andam por aí, do género artístico supra em destaque.
- Sei que não conheço o seu trabalho...nem onde fica..o que faz...a sua nota é X...esqueça as classificações anteriores...este ano ainda vai funcionar assim...mas para o próximo é a sério...é uma vez sem exemplo...se não concorda ...duas opcões...reclamar ao... ou então para o ....se divulgar publicamente a nota...processo disciplinar...se... não concorda...não assina...se ...procederei em conformidade...senão... se... se...se...se...se...se...
Uma única perguntinha nos ocorre:
- Onde é que é para pôr o dedo ?
........................................

... rir é (JURAMOS) o melhor remédio .....










Numa universidade de filosofia, foi proposto o seguinte trabalho:



"Aborde, da forma mais concisa, os três domínios seguintes:



1 - Religião

2 - Sexualidade

3 - Mistério "





O texto classificado com 20, foi o seguinte:





"Meu Deus, estou grávida! Mas, quem é o pai?"

Wednesday, April 11, 2007

Gabrielle - Out Of Reach

... para um amigo especial que recordamos com muito carinho...

para lembrar

......................................................
Contrariando alguns ventos de mudança, esta parece-nos a mais eficaz e tranquila forma de levar por diante o nosso caminho.
........................................................



At the library

.............

Na onda de objectivos algo surrealistas, aqui fica a nossa sugestão.
.....................

... enquanto o pano não cai ...


... vamos ouvindo o que outros julgam de si
com a percepção dos sinais ...

Tuesday, April 10, 2007

Carta da Mãe Natureza

... elevações ....

... só com elevação conseguimos horizontes que nos parecem ser os melhores...

... ilusão...




Por vezes é abolutamente necessário deixar de lado a ilusão. E saudável também! Os "links "são fantásticos para isso, descobrem-se verdadeiras pérolas. Umas vezes sentimos que também já fomos coroados com aquelas bençãos, outras que a "coisa" andou por perto...

Uns e outros pormenores, fazem-nos questionar o que realmente tem importância na nossa curta existência.E obviamente o sentido da mesma, passa obrigatoriamente pela benção dos amigos. E isso é inquestionável!

O resto não passa da ilusão de quem consegue ter algum dom de palavra...



p.s. parece que o país anda de candeias às avessas, falam até duma uni que perdeu a "versidade", dum PM que tem "amigos"jornalistas, de processos de corrupção que subitamente perderam o interesse, de outdoors de gentinha racista e doentiamente mal formada, de cusquices e trocas e beldrocas, mas francamente e para bem do nosso Estado Geral iremos continuar a ter o botão desligado...

...a complexidade das coisas simples...

....................................
... tentar compreender, por que parâmetros se rege, a cabeça de uma mulher, é mais complexo do que se imagina...
...continuamos a crer, ser essa a primeira e mais forte razão, do nosso eterno descontentamento de pertencer ao género....


...................................

toto----africa

... mais uma corrida, mais uma viagem... ...


.................. é apenas uma miragem, mas já apetece .....








.......... as noticias andam por aí e nós fazemos "off" ...........


..................................................................................................