Thursday, August 27, 2009

Pedro, 15 anos ...


... gostaria de sentir que a sua mãe o amava acima de todas as coisas , mas não conhecia essa sensação...

...gostaria de pensar que não era apenas mais um dentro daquela casa, onde a indiferença doía cada vez mais sobretudo pela falta de um abraço ...

...gostaria que o pai, ausente, se lembrasse mais dele e o procurasse...

mas Pedro apenas tinha como certeza o ultimato que sua mãe lhe fizera : na próxima vais para a instituição !

os olhos enchiam-se de lágrimas e a raiva misturada com o amor, confundiam-se num sentimento estranho que o deixava à beira de cometer mais uma tolice...

talvez assim olhassem para ele!

Com os que agora "tomam" conta dele, Pedro é um miúdo calmo, educado, prestável,

diferente ...


A base das emoções no processo de crescimento só pode e deve ser o AMOR nunca a hostilidade!!!!
Espero voltar a ver-te um dia e bem, miúdo ...

Monday, August 10, 2009

Ces't la vie

Forte de S. João - Berlenga

ok, eu nem tenho o hábito de me sentir incomodada pelas conversas de estranhos, mas bolas... tentar passar algumas horas de boa disposição, apreciando a natureza em estreito convivio com os que amamos e ser "bombardeada" a toda a hora com asneiras e conversas impróprias, por miúdos e graúdos à vez ,como se fosse a coisa mais natural e saudável do mundo, NÃO !
Asneiras em português e francês num dialecto estranho que não é carne nem peixe, valha-me Deus.
Agosto é assim ainda pela minha zona...
( a foto é para dar um colorido "à coisa" lol )

Wednesday, August 5, 2009

enigma ...




... pensar que duas pessoas com o mesmo sangue se amam ( ou deviam) e não conseguem comunicar, ser afáveis,carinhosas e no minimo simpáticas uma com a outra...


... vivendo debaixo do mesmo tecto!

( no minimo estranho, não ?! )

Sunday, August 2, 2009