Wednesday, May 2, 2007

O encantamento das palavras

imagem retirada aqui

Há momentos em que sentimos,uma absoluta necessidade de dizer aos nossos amigos, o quanto os amamos.Com um gesto, uma palavra, um olhar, um mimo, seja o que for. De uma forma única e especial, clara ou subtilmente, cada um conquistou o seu lugar e habita cá dentro, onde a emoção fala mais alto.

Mesmo aqueles que ainda não conhecemos pessoalmente, mas de uma maneira ou de outra, já fazem parte disto a que chamamos “a nossa vida”. Aqueles que frequentemente nos dirigem uma palavra simpática, mesmo sem conseguir ler nos nossos olhos, aqueles que mantém laços que o tempo não apaga, os que riem das nossas tolices, os que aparecem só quando são “picados”( no bom sentido entenda-se),os que partilham connosco os seus desejos mais íntimos ou aqueles que se inibem de os revelar deixando-os escapar subtilmente, os que também ouvem a “nossa” música, os que comungam dos nossos ideais, os que estão do nosso lado nos momentos de dor, os que raramente nos visitam, mas quando o fazem abrem o coração e mantém assim viva a chama da cumplicidade.

Amamos também, aqueles que de uma forma única nos enriquecem, fazendo-nos ver o mundo com as cores da Primavera, os aromas do Mar, as tonalidades desta ou doutra Galáxia qualquer e cujas palavras, têm o dom de nos encantar.


P.C.


2 comments:

Miguel said...

E só podemos (e devemos!) então fazer uma coisa: Dizer-lhes!

antónio paiva said...

................

Amiga,

obrigado por tudo!


..................


Beijo e noite serena