Tuesday, June 12, 2007

onde, não sei...

Odeceixe 2006

por vezes,mantemos uma relação estranha com as palavras, de incompreensão,de algum afastamento ...

é necessário algum espaço, algum silêncio, para a ordem se sobrepor a uma inconstante sensação...

depois há momentos,que não cabem em palavras, mas que cuidamos e guardamos com carinho,num pedaço de alma...

***********************************

3 comments:

Miguel said...

Pois...
Entendo!

p.s.: Ele entregou-te o meu beijo?

foryou said...

Pois há :) são sempre os melhores

antónio paiva said...

...........................

Amiga,

sempre e ainda sempre elas, as palavras.............


....................

Beijo