Wednesday, January 10, 2007

Paulo de Carvalho - E Depois do Adeus

"E posto que viver me é excelente, cada vez gosto mais de menos gente." A frase é do Professor Agostinho da Silva, mas Paulo de Carvalho adoptou-a como sua, e até já a pôs em música - numa canção que há-de fazer parte de um disco a sair daqui por algum tempo. Com 58 anos de idade e 43 de cantigas, este autor e intérprete de tantos temas fundamentais da música portuguesa continua activo e cheio de projectos, apesar do ostracismo a que nos últimos tempos se sente votado pelas rádios e televisões. E recusa-se a alinhar no espectáculo deprimente de uma sociedade onde tudo se vende por qualquer preço. Sem papas na língua, não se socorre de meias palavras para dizer o que lhe vai na alma. Porque se recusa a perder a capacidade de indignação e, olhando em volta, não gosta daquilo em que o seu país se transformou, mais de 30 anos passados sobre uma revolução que teve como primeira senha uma canção cantada por ele. Mas faz questão de manter inalterado o sentido de humor, que o leva muitas vezes a rir-se de si mesmo, que "é uma das formas de irmos vivendo com uma certa saúde mental".

www.spautores.pt

No comments: